[Resenha] As Valkirias - Paulo coelho

As Valkírias de Paulo Coelho conta uma viagem real que ele próprio e sua esposa, Chris, fizeram ao deserto. Ele, e consequentemente sua esposa, queriam aprender a ver e a conversarem com seus anjos. Para aprenderem, ambos vão atrás das Valkírias, mulheres do deserto que fazem pregações e detêm um conhecimento muito grande. Nesta jornada uma pequena disputa feminina entre Vahalla (uma das Valkírias) e Chris surge, uma vez que Vahalla se sente atraída por Paulo. Nesta aventura aprendemos desde o deserto que pode nos matar em minutos, até como nós próprios somos instrumentos dos anjos. A aventura vivida por Paulo e sua esposa é fascinante, instigadora e um aprendizado inimaginável – é incrível como ignoramos coisas tão simples, bonitas e do dia-a-dia. Se Paulo e Chris conseguem ver ou conversar com seus anjos? Só lendo para saber e adianto que o final é maravilhoso.


O que eu achei: Como já virei fã do nosso querido escritor, mago e ocultista Paulo Coelho, sou meio suspeita de expor minha opinião sobre o livro – uma vez que amei esta obra dele e todas as outras que já li. Em As Vailkírias, Paulo nos ensina tantas coisas que acontecem em nosso cotidiano, mas que estamos de olhos fechados para ver. 
“O mundo é daqueles que não tem medo de seguirem seus sonhos”. 

Páginas: 239. 
Nota: 5 estrelas. 

3 comentários

  1. Bela esclha, vc tv uma ideia linda merece beijinhos e bjinhos.

    ResponderExcluir
  2. Amei sua resenha, principalmente a frase escolhida.

    Lua do Meu Mundo da Lua
    FanPage (se inscreva no blog, te esperamos por lá)

    ResponderExcluir
  3. Também li alguns livros do Paulo Coelho, há alguns anos. Não se pode falar de um autor sem conhecer sua obra; dizer que não gosta de seus livros sem nunca ter lido... é puro preconceito. É o escritor brasileiro mais lido no exterior. é muito bem quisto lá fora, também. Isso deve dizer alguma coisa, pelo menos que se respeite o escritor!
    Digo isso, querida Rapha, por ter escutado algumas críticas negativas de seus colegas, e achei horrível. Não precisam fazer isso, tem leitores para todos os gostos. E leitores merecem respeito, também.
    Beijo, querida.

    ResponderExcluir