Dois dias da vida

A vida segue, não em sincronia com o tempo. Ela apenas segue.
Os dias nem sempre são preenchidos de felicidades, os sorrisos estão sempre presentes, porém, estão vazios. Muitos te olham nos olhos, entretanto ninguém reconhece a necessidade de um abraço.
Dizer que tudo está bem já faz parte da rotina e se tornou uma mentira tão mecânica que faz até parecer verdade.
Assim, nesses dias insípidos que se segue a vida.
E hoje, depois de muito tempo, eu chorei.

Um comentário

  1. Que fofa, ela postou mesmo *-*
    Não sabe o quanto é gratificante ver que outras pessoas também conseguem se enxergar nos meus textos.
    Beijos.

    http://cafeeocio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir