São sete bilhões


O mundo é um globo gigante.
Sete bilhões de vagalumes piscando.
Envolto pelo véu escuro que está acima de nós.
Não é fácil encontrar alguém que entenda seu sorriso.
Alguém que compreenda sua alma.
Que traduz seus suspiros.
Não contradiz suas vontades.
Alguém que não duvide de seu olhar.
Que deduz e crê em suas preces.
Tem paciência para te ouvir falar.
Chega a compreensão exata de suas meias palavras.
São sete bilhões de estrelas do mar.
Perdidas no mais fundo do oceano.
Não é fácil encontrar alguém.
Mas é triste parar de procurar.

4 comentários

  1. Poxa,ainda quero encontrar meu Vagalume.Não é fácil mas espero encontrar.Lindo,parabéns
    Flor to reativando meu blog e espero ter você por lá novamente.Adoraria ter seus comentários em meus textos,resenhas.Já te sigo :)
    No pior dos casos vai ganhar uma amiga blogueira!
    http://poesiasecafes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, adorei seu blog e seus textos e já estou seguindo. Vou estar sempre passando por lá, mas só tem um probleminha, não tenho permissão para comentar nos seus textos.
      Adorei seu ultimo texto, descreve a mim também, às vezes digo que sou antítese ambulante.

      Beijos.

      Excluir
  2. Simplesmente lindo! Achei as palavras perfeitas pra algo que todos pensam com um tom de sonho, mas com toda melodia rodeada por realidade! Obrigada por nos trazer essas perolas que estao por ai e por muitas vezes passa despercebido! Adorei demais! Bjs

    ResponderExcluir
  3. Ainda sou uma pequena borboleta que voa a procura de uma flor que possa me acolher. ;3
    Fico feliz por saber que gosta tanto dos meus textos.

    Beijos

    ResponderExcluir