Permita-se


Sorria, chore e cante. Divirta-se.
Saía pelas ruas procurando alguém e use sua melhor roupa.
Coloque seu melhor sapato e mostre que tudo está bem.
A cada esquina terá um novo desafio, um novo sorriso, um novo alguém.
Um novo capitulo de uma história escritas por seus próprios dedos, com nódoas em algumas páginas. Com folhas amarelas, outras branquíssimas e até aquelas com uma mancha de café.
Se entregue ao por do sol e pule, com energia e força.
Troque olhares, sorrisos, abraços apertados.
Que não se apresse, mas que não se perca tempo.
E por um momento,
Permita-se amar.

Nenhum comentário

Postar um comentário