O aniversario.


Era aniversario de alguem, não me lembro quem, mas era. Eu, minha amiga Lais e o meu pirmo Gustavo começamos a andar em direção há um caminho. Para onde ele nos levariamos, não sabiamos.
Mas logo descobrimos, ele nos levava ao aniversario. Aniversario de um antigo colega. Um colega que marcou muito minha vida. E que apenas eu conhecia. Henrique.
Demorei para ver ele. Onde diabos ele estava? E então, num passe de magica ele aparece, todo feliz e sorridente. E essa felicidade se tornou surpresa. Eu não deveria estar ali, mas estava.
Ele cumprimentou todos, minha amiga e meu primo primeiro, me deixando por ultimo. E quando chegou minha vez, nós se olhamos e sabiamos o que tinhamos que fazer. Nos abraçamos. Um abraço forte. Um abraço de amigos.
- Você sumiu - eu disse
- Você tambem - disse ele ainda me abraçando. De certo não queria sair daquele abraço. Era tão bom... Mas tinha que sair.
- Foi bom te ver, mas agora eu tenho que ir. - disse me soltando daquele abraço e ele sem entender nada perguntou:
- Mas você acabou de chegar? Fique mais um pouco - disse ele
- Não posso.
- Porque tu não podes? - perguntou ele.
- Não quero voltar ao meu passado e sei que isto amanha para você não irá passar de um mero acontecimento. Foi bom reve-lo, mas tenho que ir. - disse dando um beijo no rosto dele e me afastando. Minha amiga e meu primo me acompanharam.
- O que foi aquilo? - perguntou a Lais depois de tremos nos afastado do aniversario
- Apenas não quero me envolver mais com eles, não quero trazer de volta as esperanças do passado e muito menos quero me machucar. - ela ia falar algo, mas eu a cortei - Não quero tambem falar sobre isso. Pelo menos não agora.
E depois voltamos a andar em silencio.

Nenhum comentário

Postar um comentário