Presente

Julie estava inquieta, mas não entendia o porquê. Há pouco tempo havia visto ele, e a conversa entre os dois ainda ecoava em sua mente. Ele disse que o futuro dos dois era incerto, que talvez chegasse um dia que ele não iria mais voltar, ela negou com a cabeça feito criança e disse vários nãos seguidos, Peter não podia abandona-la, mas a verdade era que os dois eram de mundos diferentes e ela sabia disso. Para ele ficar bem, ela teria que deixa-lo, mas com certeza seria sua ruína. Parece egoísmo, na verdade é, mas ela precisava tê-lo, com a certeza ou a incerteza do que o amanhã significaria, então ela tentava viver só no presente, já que o futuro significava, talvez, a não existência de Julie e Peter.

Raphaela Barreto

Um comentário

  1. Quando se trata de coisas do coração somos sempre egoístas.
    Não queremos que nossa felicidade se vá. ;/

    Beijos

    ResponderExcluir