Cicatriz


E eu poderia fazer juras de amor ao vento, quem sabe ele levasse-as até você. Quem sabe elas se perdessem na brisa suave do verão. A palavra amar é muito forte, mas jamais senti algo fraco quando o assunto era você. Queria você aqui me abraçando, sussurrando palavras doces enquanto ouviríamos a chuva cair lá fora. Saudade talvez não seja o termo certo, foram muitas promessas vazias esquecidas na escuridão da noite, mas agora me recuso voltar ao passado, fantasmas e cicatrizes não devem ser remexidos.

Um comentário

  1. Ler isso ouvindo o barulho da chuva deixou tudo mais poético. *-*
    E bom, às vezes é melhor deixar o passado no lugar dele.
    Beijos

    ResponderExcluir