Roda-Roda


Nos trancos e barrancos eu me mantenho de pé, peguei as chaves do seu carro, me acompanhe se quiser. Nós somos uma nova legião, bordamos nosso nome em uma bela canção. Não quero mais temer a chuva, não quero morrer com duvidas. Vamos dar as mãos e brincar de roda-roda, você é muito jovem, para se preocupar, depois da meia noite uivamos para lua, dançamos na chuva, depois da meia noite. Na TV eu só ouço ruídos, todos os meus livros estão perdido, todos meus discos riscados, ninguém entende o que eu falo. [...] Eu fico ali no canto esperando alguém, me chamar pra dançar, preciso sair dessa cidade, preciso sair para algum lugar.
Música de Bruna Rosa, para ouvir clique aqui.
Uma das melhores dela também.

Nenhum comentário

Postar um comentário