Essência


Crescemos ouvindo histórias de amor verdadeiro e felicidade, mas esqueceram de nos falar o caminho a ser seguido, ou como isso pode perder a importância quando se vira adulto. Quando crianças damos tanto valor as coisas simples e maravilhosas, a verdadeira felicidade que pode surgir do sorriso alheio e a um abraço amigo. E ao crescer passamos a dar valor a números bancários e a mediocridade, o ser humano aspira por amor, mas se dedica aos valores, contas, impostos, compras – consumismo. Esquece-se de sua verdadeira essência, perde a decência, dedica-se ao nada e diz que é feliz por estar na moda. Não, isso não é felicidade. Números não são felicidades. O sol no horizonte, um sorriso, um abraço, amor, isso sim é felicidade. Ajudar o próximo é felicidade. Capitalismo e rotinas deixam você ao avesso, te transformam em quem você não queria, implantam algo em você que traz mais sofrimento do que alegrias. Temos que crescer, isso é fato, mas não podemos deixar de ser crianças por dentro, só uma criança sabe viver e sabe dar valor ao que realmente deve ser valorizado.

Um comentário

  1. _Crescemos ouvindo histórias de amor verdadeiro e felicidade...Mais um mimo da menina, adorei, realmente crescemos assime as vezes nos moldamos a isto, gostei. Vai lá em casa e confere um mimo eddicado à poetiza, aceitei com carinho e realmente agradecido à sua permissão de plágio, pra vc linda poetiza bjos, bjos e bjosssssssssssssss

    ResponderExcluir