Oposto


Um o oposto do outro, mas iguais ao mesmo tempo. O que faltava nela encontrava-se nele. O melhor dele estava nela. Metades indiferentes que se completavam. Ambos perdidos que se encontravam. O sorriso de um encaixava no outro onde o olhar cálido se juntava. Diferentes, mas iguais. Distantes, mas unidos. Juntos. Sempre Juntos deixando suas metades se completarem. 

Comentários

  1. _O que faltava nela encontrava-se nele... Nooossa q mimo, a menina viajou fundo no delírio poético, esta expressão se vc permite vou plagiar num conto futuro e mais um pouco, adorei este texto, uma delicia de inspiração, pra vc menina linda vai do tio Castanha bjos, bjos e bjossssssss

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

[Resenha] As Valkirias - Paulo coelho

Meu amor,

O Menestrel